Atividades Físicas para Crianças e Adolescentes com Asma

Ain gente, muito feliz de estar aqui. Sou Raíssa, amiga da Camila e, desde já, agradeço muitíssimo a Camila por me convidar a dividir esse blog com ela. Muito feliz mesmo! Eu e Camila praticamente caminhamos lado a lado nos nossos estudos sobre Atividade Física Adaptada, estagiando com Natação Adaptada e no PET Saúde que com certeza foram estágios que no trouxeram muita experiência. Além disso, nós viajamos juntas para o I Congresso Paraolímpico Brasileiro (no qual apresentamos trabalho) e no Seminário de Atividades Físicas Adaptadas do SESC. Se você tem vontade de aprender mais sobre essa área de atuação da Educação Física, esses dois congressos são ótimos. O II Congresso Paraolímpico Brasileiro vai acontecer em outubro em Minas Gerais. #ficadica

Atualmente, a minha área de estudo está sendo Atividades Físicas para Crianças e Adolescentes com Asma. Você deve está se perguntando “e isso é atividade física adaptada?” SIMMMMM, é!! A atividade física adaptada, por vezes, torna-se, necessária aqueles que apresentem algumas contraindicações médicas ou dificuldades físicas momentaneas/definitivas, mas tendo em conta o diagnóstico feito pelos médicos, o profissional da educação física deverá ser capaz de criar ao paciente atividade física adaptada sem prejudicar a saúde do paciente melhorando-a, havendo uma interação de conhecimentos com as ciências médicas. Aí nesse grupo pode-se incluir, as pessoas que tem diabetes, hipertensão, por exemplo, e a ASMA!

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a asma é a doença crônica mais comum entre as crianças. De acordo com as últimas estimativas, 255.000 pessoas no mundo morreram de asma em 2005 (WHO, 2011). È muito nean?

Uma pessoa que tem asma possui a mecânica respiratória debilitada. Segundo Piva ETAL (1998), nos quadros de broncoespasmos podem, de maneira rápida e evolutiva, podem levar a quadros variados de insuficiência respiratória, acompanhado de alterações fisiológicas e morfológicas no sistema respiratório.

 

Por conta disso e outros fatores, muitas vezes, devida a falta de conhecimento, a criança com asma leva o rótulo de “criança doente” e acaba sendo privada de brincar livremente.

De fato, o exercício físico é reconhecido como um dos fatores desencadeantes da crise asmática, pois pode ocasionar BIE. “O BIE tende a aparecer após um esforço em torno de 80% a 90% do VO2 máx. com duração média maior que 6 minutos” (TEIXEIRA, 2008, p. 76).  Para Gorgatti e Costa (2008, p. 388), é caracterizado por uma queda de 10 a 15% do fluxo expiratório máximo.

Massssss………………

 “Uma atividade física bem orientada pode aprimorar o VO2 máximo e suprimir os sintomas asmáticos” (MCARDLE, KATCH, KATCH, 2008, p. 977).

Já pensou, uma ruma de criança sem brincar??? Nãm! Os exercícios físicos são importantes para a saúde física e mental, as experiências básicas de movimento proporcionam oportunidades de relacionamentos, já que as crianças interagem ao brincar ou ao se engajar em atividades esportivas, previnem problemas psicossociais e melhoraram a auto-imagem e autoconfiança, além de diminuir os risco de crises.

 

 Entretanto, são poucos os profissionais de educação física que tem o conhecimento de atividades físicas com as pessoas asmáticas. Por exemplo, tem os exercícios mais asmagênicos como a corrida e os exercícios menos asmagênicos como a natação por exemplo. Também, nós temos que estar atentos a limpeza do ambiente e observando o aluno com asma direto, para ver se demonstra algum sinal de inicio de crise como cansaço e  falta de ânimo.

Enfim, em um programa de atividades físicas para asmáticos o principal objetivo é a prevenção de crises asmáticas desencadeadas pelo esforço físico, permitindo que as pessoas com asma se beneficiem dos conteúdos propostos de maneira gradativa até uma totalidade de aproveitamento. E foi pensando nisso, que eu e me orientadora decidimos avaliar o impacto de um programa de atividades físicas para crianças e adolescentes com asma. O nosso programa será divido em exercícios respiratórios, posturais e aeróbicos. Além disso, também daremos palestras para os pais e os alunos sobre o tema asma e afins. Acredito que o diálogo é essencial. Então se você sabe de alguma criança ou adolescente que tem asma e adora brincar dê a dica!!! Ainda não se quais os dias e horários vai acontecer as aulas, mas elas começarão em agosto e acontecerão lá no PICI (Universidade Federal do Ceará)!

Ain, imaginem a minha expectativa!!!

 Olha meu tel: (85) 88357339

Beijos a todos,

Raíssa Forte

Gentemmm, segue algumas referências que utilizei para fazer o post:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Atividade_f%C3%ADsica
Noticias – Segundo Ministério da Saúde, asma é responsável por 6 mortes por dia no Brasil, 2010. Disponível em: <http://www.isaude.net/pt-BR/noticia/4592/geral/segundo-ministerio-da-saude-asma-e-responsavel-por-6-mortes-ao-dia-no-brasil>. Acesso em: 18 fev. 2011.

PIVA, J. P.; CANANI, S.F.; PITREZ, P. M. C.; STEIN, R.T. Asma aguda severa na criança. Jornal de Pediatria – Vol. 74, Supl. 1, 1998.

PAULA, A. I. Exercício, saúde e bem estar. IN: MAUERBERG, de Castro, (Org) Atividade física adaptada. Ribeirão Preto: Teccmed, 2011 (no prelo).

MCARDLE, W.L; KATCH, F.I.; KATCH, V. L. Fisiologia do exercício: energia, nutrição e desempenho humano. 6 ed. Tradução por Lippincott Williams & Wilkins. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.A., 2008.

MOISÉS, Márcia Perides. Estudo de um programa de atividades físicas adaptadas ao portador de asma brônquica: efeitos com relação à manifestação de crises de broncoespasmo. Campinas: UNICAMP, 1999. 215 p. Dissertação (Mestrado) – Atividade Física e Adaptação, Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999

About these ads

3 responses to “Atividades Físicas para Crianças e Adolescentes com Asma

  • MakeItChange

    amiga, tá ótimo! é isso mesmo, é você buscar um tema que seja já esteriotipado por opiniões leigas e destrinchar tudo, esclarecendo as informações! só toma cuidado para não entrar a fundo em assuntos muito específicos, como o VO2, porque isso pode confundir informações. Em vez disso, falar que o exercício MUITO intenso pode ocasionar um inicio de uma crise ou BIE. entende? VO2 já é específico. Quanto as referencias, só chama no texto mesmo, quem tiver interesse pergunta a fonte e aí a gente passa, só para não ficar o texto muito poluido! Mas o conteúdo tá muito bom!
    Fique a vontade para postar quando achar um assunto interessante!

    Beijos!

  • MakeItChange

    amiga, tá ótimo! é isso mesmo, é você buscar um tema que seja já esteriotipado por opiniões leigas e destrinchar tudo, esclarecendo as informações! só toma cuidado para não entrar a fundo em assuntos muito específicos, como o VO2, porque isso pode confundir informações. Em vez disso, falar que o exercício MUITO intenso pode ocasionar um inicio de uma crise ou BIE. entende? VO2 já é específico. Quanto as referencias, só chama no texto mesmo, quem tiver interesse pergunta a fonte e aí a gente passa, só para não ficar o texto muito poluido! Mas o conteúdo tá muito bom!
    Fique a vontade para postar quando achar um assunto interessante!

    Beijos!

    Camila

  • Raíssa - make it change!!!!!

    tah miga, obrigadam!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: